Retrospectiva Ciclovia da Pampulha


terça-feira, 25 de agosto de 2015

Golden Bike (Treino Premiado) Itabirito/ Mariana / Itabirito

Primeiro geral hoje no Golden Bike (Treino Premiado) Itabirito/ Mariana / Itabirito com aproximadamente 110 km concluidos em 3h 16 minutos.
Privilégiado, pois recebi troféu diferenciado pela homenagem que me foi concedido pelo Sr. Secretário de Esportes Alessandro Massaini.
Obrigado Secretário, Humberto Higino e Clube ACE pela homenagem e desafio...
Desafio simples, mas quem esteve presente curtiu muito as longas subidas do trajeto.
Parabéns ao Gustavo segundo colocado na seguencia chegaram juntos Humberto Higino, Bruno Bones e Rafael Braga, mérito para as mulheres em especial Dany Ferreira sendo a única mulher a fazer todo circuito.
Abração.

‪#‎Cicloviadapampulha‬

Ciclovia 381 da Pampulha continua fazer vítimas a ciclistas que se chocam de frente e trazendo inúmeros transtornos e prejuízos.
Antes que dizem que estavam rápidos dentro da ciclovia... confirmado pelas vítimas que não estavam, apenas choque frontal, e pra quem tem o mínimo de conhecimento de física, dois corpos em movimento o resultado é isso que quase todos os dias tem acontecido na Pampulha. 
Há.... antes que alguém diga que alguém se descuidou... Afirmo que sim, porém em uma ciclovia que mal cabe uma bike, cheia de irregularidades certamente alguém sem habilidade vai se chocar com quem está a sua frente, pois já bateram em mim e outras vezes parei, gritei com os sem noção que andam na contra mão vindo em minha direção parado.
Na semana do ciclista e com muitas coisas boas em minha página, lamentar, mas importante divulgar os acontecimentos recentes desta obra sem noção.
Aguardar a solução desta aberração de ciclovia o mais rápido possível. Abração.
Mais fotos abaixo;

Ultramaratona Caminhos de Rosa

Neste sábado dia 15 agosto fui conferir a maior ultramaratona de mountain bike do país com saída de Três Marias até Sete Lagoas mg, com aproximadamente 264 km. "Ultramaratona Caminhos de Rosa" uniu: literatura, cultura, tradição, solidariedade, companherismo, natureza e claro esporte, neste caso o mountain bike.
A ideia inicial ano passado criado por André Zumzum foi nada mais que poder compartilhar com os ultra-atletas das bikes e corredores a paixão pela história, literatura, esporte e por viver diretamente aquela região. Evento este, onde o propósito é uma aventura isolada, hoje podendo dizer que o relevo e vegetação estão muito próximos da época quando o escritor mineiro Guimarães Rosa percorreu durante dias começando da cidade mineira de Três Marias a Sete Lagoas MG.
Este ano a Ultramaratona Caminhos de Rosa cresceu em vários aspectos tanto na estrutura, quanto na quantidade e nível dos inscritos.
Meu ponto de vista:
Quando pessoas sérias aliada a força de vontade se unem certamente o sucesso é certo, mesmo com alguns imprevistos "normal" para uma prova tão longa e certamente ano vem será muito melhor.
Parabéns organização, voluntários, amigos e família de André Zumzum, que pude ver neste evento a união de todos envolvidos de atletas a organização. Contudo, denomino esta prova uma família.
Parabéns a Federação Mineira de Ciclismo na presença de Julio comissário ajustou detalhes para o melhor andamento desta e dizer a entidade está a frente do maior evento de longa distância do pais, cabe agora ajustar e fazer ainda maior.
Dever cumprido!!!
Cruzar a linha de chegada na primeira maior maratona do país e a primeira prova com esta quilometragem em maratona de MTB em anos sem estar na ativa deste tipo de competição e finalizar os quase 280 km foi realmente um dos maiores feitos apesar do transtorno e um certo desespero...rs ocorreu tudo bem, e finalizei a prova em 13h. Sabia das dificuldades, mas após ser convidado por Rachel BuenoMarcio Monteiro e outros amigos não poderia deixar de ir nesta que agora é meta para ano que vem.
Fui campeão mineiro solo após percorrer quase 280km o que me rendeu muito esforço e vontade de vencer mais um desafio em minha carreira.
Parabéns também ao prefeito de Sete Lagoas o Sr. Marcio Reinaldo que esteve presente e pude receber de suas mãos o troféu artesanal "um símbolo do coqueiro BURITI".
Parabéns a todos os participantes desta prova de superação e garra!
Abraços
Mais fotos abaixo;